O que você precisa realmente saber antes de comprar um barco?

 Tudo o que você precisa realmente saber antes de comprar um barco, para tornar sonho de ter uma embarcação para chamar de sua realidade. Então, saiba os pontos para levar em conta antes de tomar sua decisão.

 

Defina o básico

O primeiro passo é saber qual barco comprar. Parece uma decisão simples, mas algumas questões devem ser consideradas.

Qual é o uso que você pretende fazer da embarcação? Pescar, mergulhar, participar de competições náuticas, pernoitar ou só passear no fim de semana?

Também é a hora de definir se escolherá uma nova, seminova ou usada. Existem muitos barcos bons de segunda mão à venda.

No entanto, é bom lembrar que, caso opte por um, terá de fazer uma inspeção detalhada para checar se está em boas condições técnicas.

Se não tiver experiência com isso, vale a pena contratar um marinheiro para verificar. Já um barco novo dispensa esse cuidado. 

Saiba onde irá guardar a embarcação

Essa é uma informação que está entre as principais do que você realmente precisa saber antes comprar um barco.

Quando não estiver em uso, o seu barco precisará de uma “casa”. Se for pequeno, ele pode até caber na sua garagem. É uma opção prática.

Mas, nesse caso, será preciso ter também uma carreta segura para fazer o transporte até a água, assim como uma caminhonete potente o suficiente para o reboque.

Outra opção é deixar em uma marina ou um iate clube. As vantagens são a maior facilidade de acesso à água, além de manutenção e limpeza feitas pelos funcionários do local.

Outro ponto a favor é que muitos desses locais costumam ter restaurante, vestiários e até piscinas. Se esta for a sua opção, pesquise preços. As marinas costumam cobrar uma mensalidade cujo valor varia de acordo com o tamanho da embarcação.

 

 

 Providencie os documentos certos

 

Se o barco for usado, o antigo proprietário deve entregar o TIE (ou TIEM), que é o Título de Inscrição de Embarcação, obrigatório para qualquer barco, além de outros documentos como o DPEM (seguro obrigatório) em dia.

Se a embarcação for nova, será preciso registrá-la junto à Capitania dos Portos, quando ela deverá receber um nome.

Saiba ainda que, para conduzir veleiros ou lanchas de lazer é obrigatório ter a habilitação de arrais amador (CHA – Carteira de Habilitação de Amador). Caso não tenha essa habilitação, é preciso contratar um marinheiro profissional para conduzir o barco.

 

Calcule os custos com combustível

É bom, antes de bater o martelo na compra da sua embarcação, ter alguma ideia de quanto vai gastar com combustível também.

Esse consumo está relacionado à potência do motor da embarcação (que, por sua vez, tem relação com o tamanho do barco), e também à velocidade.

Portanto, o primeiro passo é escolher bem o motor. E lembre-se que é sempre mais seguro navegar com um pouco de combustível a mais no tanque.  Inclua essa folguinha na sua conta.

Faça um seguro

Há o obrigatório (Seguro de Danos Pessoais Causados por Embarcações ou por sua Carga, conhecido como DPEM), mas também é altamente recomendado contratar um seguro particular, que oferece maior cobertura e mais vantagens.

Portanto o preço varia de acordo com o valor da embarcação, de qualquer forma vale a pena se informar sobre os valores de cada embarcação. 

 

Pense na manutenção

Todo barco exige cuidados! Depois do passeio, lave com água doce e, de preferência, mantenha-o coberto quando não estiver em uso. O casco também precisa ser protegido de cracas e infiltrações.

Espere pelo frio

Em geral, a estação mais indicada para comprar um barco é no inverno. Isso mesmo: na baixa temporada, você pode encontrar valores mais atrativos, melhores condições de financiamento e prazos de entrega.

Portanto, vale a pena esperar pela época certa. E, como sempre, pesquise bastante, fale com conhecidos e informe-se antes de escolher sua embarcação.

Se você ainda tem dúvida do que você precisa realmente saber antes de comprar um barco? Entre em contato com um de nossos especialistas.